Time, energy and money. These should never be compromised.

Guia para minerar na Hashflare – Bitcoins, Litecoins e Ethereum

Como obter os benefícios do cloud mining

Uma das formas, cada vez mais em voga, de minerar criptomoedas é adquirindo poder computacional numa cloud. Uma das empresas mais destacadas, neste momento, a oferecer este tipo de serviço é a Hashflare. Assim, os utilizadores podem minerar na Hashflare e conseguir acesso a melhores recursos informáticos, de imediato. A empresa disponibiliza aos utilizadores capacidade computacional para estes poderem assim minerar bitcoins sem terem de fazer o investimento necessário em hardware. A tarefa de minerar é bastante exigente do ponto de vista de consumo de recursos, pelo que, necessitaria de equipamento no valor de alguns milhares de euros para conseguir minerar criptomoedas. Com este tipo de mineração consegue-se atingir Retornos do Investimento a partir de 70%, pelo que se percebe o crescente interesse que esta solução tem registado.

Abrir conta na Hashflare

Para começar deverá aceder ao site da Hashflare. O site encontra-se em português mas também pode coloca-lo em inglês se preferir (por vezes a tradução para português não é a melhor). Deverá clicar em “Cadastro” para poder fazer o seu registo. Terá de introduzir um email, seleccionar o seu país e escolher uma palavra passe. Depois de validados estes dados, irá receber um email para confirmar a sua conta. Depois de tudo preenchido, dos dados terem sido validados, e de ter confirmado o email, poderá já iniciar sessão na sua área de utilizador.

Escolher pacote de mineração

Depois de efectuar o seu registo no site será confrontado com uma decisão. Precisa escolher que pacote de mineração deseja subscrever. A principal diferença entre eles é o potencial de gerar mais ou menos criptomoedas e o tipo de moedas que gera. Quanto maior a capacidade contratada maior será o retorno expectável, mas também maior será o seu custo mensal. Assim, o rácio custo/retorno é proporcional em todos os pacotes, pelo que, mais importante é decidir que valor está disposto a investir mensalmente. Além disso deverá decidir que tipo de moeda deseja gerar.

Ao minerar na Hashflare poderá escolher entre SHA-256 que permite minerar bitcoins e Scrypt que possibilita minerar outros tipos de moedas mais recentes. Depois de fazer a sua escolha será direccionado para uma página de pagamento, onde poderá concluir o mesmo. Normalmente 24h depois de ter concluído todo o processo, começará a gerar criptomoedas. Poderá ir acompanhando permanentemente o seu saldo na sua conta de utilizador e fazer resgates quando desejar. Tenha atenção que podem existir mínimos para levantamento dependendo do seu tipo de conta.

Acompanhamento dos ganhos

Como em qualquer investimento é importante ir acompanhando de perto os seus ganhos e a situação das criptomoedas em que investiu. Como sabe este tipo de moeda, nomeadamente a bitcoin, possuem uma volatilidade superior ao habitual das moedas tradicionais. Assim, convém não deixar de acompanhar a sua evolução em termos de cotação para não ter surpresas. Já têm ocorrido alguns acontecimentos que fizeram esta moeda afundar ou escalar de forma muito repentina e isso pode mexer o seu investimento. De resto recomenda-se moderação e não investir todas as suas poupanças neste tipo de produtos que envolvem sempre algum risco. Veja este investimento como uma forma alternativa de aplicar poupanças. Apesar da Hashflare ser uma empresa com bastante bom feedback por entre os milhares de utilizadores que já regista, não faz mal ter algum cuidado. Sempre que possível, será uma boa estratégia ir mobilizando alguns dos ganhos para a sua conta bancária e assim poder registar algumas mais valias imediatas.

Segurança do investimento

Como foi referido acima, até ao momento, a Hashflare é uma empresa com bastante boas criticas pela Internet. Não existe referencia a situações de burla ou esquema em pirâmide envolvendo esta empresa, como já houve no passado com outras empresas de cloud mining. Trata-de de uma empresa com instalações físicas na Europa regulada portanto pelo direito europeu. Apesar disso existe sempre alguma reticencia por parte de algumas pessoas em confiar nestas empresas devido ao facto de não estarem fisicamente em Portugal, bem como, alguma falta de transparência. No entanto, apesar de não estar efectivamente presente em Portugal fisicamente, esta empresa tem dado muitas provas de total transparência junto dos seus utilizadores e na forma como gere todo o processo. Isso confere-lhe alguma confiança e por isso tem merecido os elogios que frequentemente lhe são efectuados. Para cloud mining, sem duvida, é a referencia neste momento no mercado. Em termos de dimensão e de imagem.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.