Time, energy and money. These should never be compromised.

Estimar o valor de uma empresa

Como calcular e obter uma estimativa aproximada

Se planeia investir numa empresa, ou por simples curiosidade, provavelmente já pensou qual será o valor total desta. Quanto custaria comprar toda a empresa X? A resposta completa a esta pergunta não é simples mas existem formas de estimar o valor de uma empresa não muito complicadas. Tenha, no entanto, em consideração que este é um valor aproximado e que não deve ser tomado como um valor de elevada precisão. Para isso é necessário um estudo aprofundado e demorado, efectuado por entidades especialmente habilitadas para isso.

O mercado em que opera

Este é um dos aspectos relevantes para o calculo do valor de uma empresa. O bem ou serviço que a empresa transacciona constitui um dos indicadores sobre o seu valor. Se é um produto de grande procura com pouca oferta, a empresa valerá mais. Se por outro lado se trata de um produto com pouca procura e muita oferta, já teremos a situação contrária, em que o valor da empresa poderá ser mais baixo. Ou seja uma análise sobre o mercado em que a empresa opera constitui um primeiro indicador do seu valor e do seu potencial para ganhar dinheiro com acções desta. A relação entre a oferta e procura, bem como, da concorrência existente, ajudam a determinar esse valor.

Impacto da facturação anual no valor de uma empresa

Naturalmente a facturação anual que a empresa gera é um dos aspectos fundamentais para determinar o seu valor. Se regista um volume de vendas elevado será um bom pronuncio. No entanto este factor tem sempre de ser analisado em conjunto com os custos que a empresa regista. Uma facturação muito elevada não é significativa se a estrutura de custos da empresa for muito pesada e assim o lucro anual for residual. Portanto estes dois factores devem sempre ser analisados em conjunto com vista a calcular a margem de lucro nos produtos e serviços que a empresa transacciona. Por outro lado a facturação deve ser vista numa perceptiva histórica para, desta forma, obter a sua tendência ao longo do tempo. Se a facturação registar um constante aumento ao longo dos últimos anos é um excelente indicio para os investidores e um factor de valorização da empresa. Por oposição se o volume de facturação anual estiver a decrescer é um sinal que algo poderá não estar bem na empresa ou nas circunstancias do mercado em que opera. Se a facturação for estável, sem significativas oscilações ano após ano, significa que garante alguma estabilidade nos rendimentos aos accionistas o que pode ser também um factor de valorização.

Os custos de operação

Como se referiu no paragrafo anterior estes devem ser analisados em conjunto com a facturação anual. Basicamente estes demonstram qual o custo necessário para produzir os bens e serviços que a empresa comercializa. Neles se incluem os custos com pessoal, matérias primas, transportes e infra-estruturas. O peso de cada uma das categorias atrás referidas também pode ser um bom indicio da situação da empresa e do seu potencial. A maior parte das empresas que transaccionam serviços tem um peso maior nos custos com pessoal e infra-estruturas. Devido a isso mesmo assiste-se, nos últimos anos, a uma deslocalização em massa dessas empresas para países onde a mão de obra é significativamente mais barata. Este factor costuma ser um motivo de valorização da empresa uma vez que os investidores não gostam de empresas com um peso excessivo nos custos com mão de obra.

Lembre-se que no valor de uma empresa está também o potencial que os investidores vêm no seu sucesso a curto médio prazo. Muitas vezes até mais importante que o valor actual, é o valor que a empresa pode atingir num curto/médio espaço de tempo. Ao calcular o valor de uma empresa essa expectativa encontra-se também reflectida no preço. Se existe muita expectativa no mercado com o bem ou serviço que a empresa transacciona, este pode ser um motivo de valorização. Por outro lado se existe um sentimento pessimista junto dos analistas e casas de investimento acerca da evolução de uma empresa, esse facto costuma contribuir para a sua desvalorização.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.