Fim das moratórias – Há uma luz ao fundo do túnel

Sites de trabalho para freelancers
setembro 17, 2021

Durante a pandemia foi implementado um regime de moratórias para diversos tipos de créditos de forma a permitir flexibilizar os seus pagamentos. Esta medida traduziu-se na prática em suspender temporariamente o pagamento dos empréstimos para o retomar mais tarde quando as famílias já tivessem ultrapassado as dificuldades financeiras.

Com o fim das moratórias a 30 de setembro muitas são as famílias a mostrar-se preocupadas, particularmente, as que ainda não possuem as suas finanças equilibradas. A quebra de rendimentos a que se assistiu em muitos setores de atividade devido à pandemia, fez com que muitas famílias atravessassem momentos difíceis financeiramente que, em muitos casos, ainda não se encontram solucionados.

Apesar do pior em termos de pandemia já parecer ter passado e da atividade económica já estar a recuperar, a verdade é que nalguns setores ainda existem muitas perdas para compensar e a situação profissional de muitos trabalhadores ainda se encontra instável.

Tem encargos com vários créditos? Temos uma boa notícia

As famílias que possuem encargos com vários créditos, por exemplo créditos ao consumo, cartões de crédito e habitação, podem encontrar-se em situações mais débeis uma vez que a quebra de rendimentos pode ser suficiente para não conseguirem cumprir com as suas obrigações.

A boa notícia é que nestes casos pode ser realizada uma consolidação de créditos e, a maior parte das vezes, ficar a pagar menos mensalmente. Consolidar créditos significa, na prática, que junta vários créditos em apenas um ficando assim a pagar uma mensalidade que normalmente é significativamente inferior à soma dos encargos que tinha anteriormente.

Ao fazer uma consolidação de créditos é possível conseguir uma poupança superior a 50%, o que poderá ser suficiente para equilibrar as finanças familiares e evitar que o fim das moratórias se torne um pesadelo.

Como fazer uma consolidação de créditos

Consolidar os créditos pode ser uma das poucas saídas disponíveis para quem possui vários créditos (particularmente créditos de curto prazo) e atravessa dificuldades para os liquidar mensalmente. Esta operação pode ser realizada por qualquer trabalhador, seja trabalhador por conta de outrem ou empresários em nome individual, não constituindo condição obrigatória possuir habitação própria. Com uma consolidação de créditos consegue alongar o prazo dos empréstimos e ficar com uma única taxa de juro habitualmente mais baixa.

A Private Solutions é uma empresa portuguesa, distinguida como PME Líder e Excelência há vários anos consecutivos e, oferece soluções de crédito consolidado há mais de 10 anos em Portugal. A sua experiente equipa está disponível para estudar cada caso específico e apresentar uma solução adequada que permita uma poupança significativa nos encargos com créditos.

Para iniciar um pedido de consolidação de créditos junto da Private Solutions deverá começar por solicitar uma simulação através do Simulador de Crédito Consolidado. Será contactado(a) posteriormente, por parte de um consultor, para que a sua situação específica seja analisada e lhe seja apresentada a melhor solução possível, usufruindo da parceria com diversos organismos bancários e financeiros que a Private Solutions criou ao longo dos seus anos de atividade.

Conclusão

O fim das moratórias nos créditos não necessita de ser um motivo de preocupação para famílias que possuam atualmente encargos com vários empréstimos. A consolidação de créditos é uma operação cada vez mais popular e permite baixar significativamente estes encargos tornando-os comportáveis. Esta consolidação consiste em juntar vários créditos em apenas um, ficando a pagar somente uma mensalidade, habitualmente mais baixa do que a soma dos encargos que possuía anteriormente.

Comments are closed.