Time, energy and money. These should never be compromised.

Investir na reconstrução de um imóvel

A reconstrução de um imóvel como fonte de mais valias.

O mercado imobiliário tem estado em grande crescimento em Portugal nos últimos anos. Principalmente devido ao interesse de investidores internacionais que vêem em Portugal um bom destino para as suas poupanças. O nosso país tem apresentado motivos de peso, como um clima agradável, boa gastronomia, segurança e estabilidade politica. No entanto o mercado imobiliário já se encontra inflacionado para a maioria dos investidores, pelo que, a reconstrução de um imóvel pode ser uma forma alternativa de investir neste mercado.

Nem só a compra e venda de imóveis tem registado um crescimento. Todos os negócios associados ao imobiliário têm registado um aumento significativo. Neste artigo falaremos do negócio da reconstrução.

Benefícios da reconstrução

O objectivo principal da reconstrução de um imóvel é o de o valorizar. O investidor pretende comprar o imóvel a um preço mais baixo, devido ao facto de precisar de obras, fazer uma renovação, e, por fim, ambiciona vende-lo a um preço superior à soma do preço inicial e das obras.

Muitas vezes o processo de reconstrução pode ser demorado e exige bastante disponibilidade para o acompanhar. Além disso, este tipo de obra costuma ter custos significativos. Estes factores fazem com que, muitas vezes, se encontrem imóveis muito abaixo do seu preço de mercado, por necessitarem de obras. Assim, pode ser uma excelente oportunidade, para adquirir um imóvel com um desconto significativo. Posteriormente a sua remodelação deverá valorizar o imóvel e coloca-lo mais próximo do preço de mercado dos imóveis da zona. Com esta operação o investidor tem possibilidade de fazer uma mais valia relevante.

Riscos da reconstrução

Um dos principais riscos da reconstrução de um imóvel é o custo das obras poder ser muito superior ao esperado. Por vezes é necessário fazer intervenções no imóvel, mais dispendiosas do que se estava à espera. Os materiais ou mão de obra podem ter um custo que o investidor não esperava e ser necessário inclusivamente recorrer a um crédito. Por outro lado podem haver problemas no imóvel que não se estava à espera, como por exemplo ter de substituir a canalização devido a fugas de água.

Outro aspecto que constitui um risco é, depois das obras, não conseguir vender o imóvel a um preço que cubra o valor de investimento inicial e as obras. Isto pode acontecer devido ao mercado mudar, por exemplo devido a um aumento da oferta na zona, os preços podem diminuir. Se no bairro em questão surgirem várias novas casas à venda, isto pode provocar uma valorização generalizada. Por outro lado se surgirem problemas na vizinhança, ou outros factores que desvalorizem o imóvel, o investimento pode tornar-se num prejuízo.

Como procurar imóveis para reconstruir

Pode encontrar várias ofertas de imóveis para remodelar nos mesmos locais onde pode procurar imóveis prontos a habitar. Nomeadamente sites como o Imovirtual ou agências imobiliárias. Nestes poderá encontrar imóveis que necessitem de remodelações maiores ou menores. Naturalmente um imóvel que necessite de uma remodelação menor, terá um valor mais próximo do valor de mercado, do que um imóvel que precise de uma remodelação maior. As remodelações mais frequentes são a modernização de casas de banho, cozinha, chão e pinturas. Por vezes tratam-se de imóveis antigos em que a cozinha, por exemplo, poderá ter moveis muito antigos e já degradados. O chão e paredes podem também estar desactualizados. Na hora de comprar um imóvel as pessoas gostam de ver coisas novas e modernas. É este o motivo porque uma casa remodelada valoriza em relação a uma casa mais antiga. Mesmo que a casa antiga esteja em bom estado, só o facto de não estar compatível, a nível visual, com as tendências actuais, pode desvaloriza-la bastante.

Processo de remodelação

No processo de remodelação pode ser bastante útil contratar alguns profissionais da área para o ajudar e aconselhar. Falamos de um decorador de interior e possivelmente arquitecto. São estes os profissionais mais habituados a lidar com estas situações e terão uma maior sensibilidade para saber como aproveitar o espaço da melhor forma. Lembre-se que trata-se de embelezar, o máximo possível, o “produto” que acabou de investir, para que o seu valor possa aumentar e assim realizar uma mais valia. O trabalho destes profissionais não costuma ser barato mas pode valer a pena. Equacione bem os prós e contras e peça orçamentos antes de tomar a sua decisão.

Conclusão

A reconstrução de um imóvel pode ser uma forma alternativa de aproveitar o excelente momento em que se encontra o mercado imobiliário em Portugal. Deverá procurar imóveis que necessitem de modernizações a nível de casas de banho, cozinha, chão e paredes, por exemplo, com o objectivo de efectuar algumas obras. Pode recorrer a profissionais como decorador de interiores e arquitecto para o ajudar nesta tarefa. O objectivo final é vender o imóvel, depois de fazer obras, a um valor superior ao custo de compra com as obras incluídas.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.