Time, energy and money. These should never be compromised.

Comprar carro no estrangeiro

Conheça todos os detalhes sobre comprar carro fora de Portugal

Devido ao preço dos automóveis em Portugal ser mais elevado que noutros países europeus tem acontecido que muitas pessoas equacionam a hipótese de comprar carro no estrangeiro em vez de em Portugal. Um país com tradição de ter carros a preços mais acessíveis é a Alemanha. Nos últimos anos muitos compradores portugueses se têm deslocado a este país com o propósito de adquirir uma nova viatura. Normalmente os carros onde a diferença de preço é mais significativa são precisamente os carros de marcas alemãs. Nestes, regra geral, é possível poupar alguns milhares de euros, principalmente se se tratarem de gamas mais elevadas.

Comprar carro importado ou importar?

Existe uma diferença entre comprar um carro importado em Portugal ou deslocar-se você mesmo a outro país com o fim de comprar um carro. O primeiro caso terá a garantia de ter uma pessoa que já fez o trabalho de ir buscar o carro e suportou os custos daí resultantes. Além disso, mesmo que o carro ainda não esteja legalizado, este tratará de todo o processo para si. Obviamente que esta solução, por ser mais cómoda, terá mais custos do que se optar por adquirir o carro directamente no seu país de origem. Se for esse o caso, terá você de lidar com os custos inerentes ao seu transporte, bem como todo o processo de legalização. Não se trata de um processo complicado, apenas exige alguma disponibilidade de tempo, desde logo para se deslocar ao estrangeiro para ver e comparar diversas viaturas. Tente sempre fazer negócios em locais de confiança, stands oficiais ou com referências de pessoas que conhece. Existem muitas burlas e casos de venda de carros roubados, portanto tenha sempre cuidado com o local em que decide fazer negócio. Não se deixe tentar por um preço demasiado bom que provenha de um local de origem duvidosa.

Como funcionam as garantias

Se comprar carro no estrangeiro a garantia de fábrica mantém-se. Se o automóvel ainda estiver durante o seu período de vigência, poderá retorna-lo a uma oficina oficial da marca em solo Português, caso tenha algum problema. Desta forma poderá usufruir da sua garantia tal e qual como se tivesse adquirido o automóvel em Portugal. Por outro lado, se comprou o carro num stand português, que por sua vez o importou, além da garantia da marca, poderá usufruir da garantia que o stand português providenciou.

Se o carro que comprou já estiver fora do período de garantia oferecido pela marca deverá ter cuidados extra. Idealmente, para minimizar possíveis problemas de futuro, deve verificar minuciosamente o carro, do ponto de vista mecânico, antes de fazer a sua compra. Por vezes pode haver carros que já tiverem problemas, com peças defeituosas ou com um desgaste demasiado elevado. Deve tentar antecipar estas situações para que, depois, não tenha surpresas passado pouco tempo da sua aquisição.

Em que pais comprar

O país mais popular entre os Portugueses que pretendem comprar carro no estrangeiro é a Alemanha. Principalmente pelo facto de muitos desejarem adquirir carros de marcas alemãs, que naturalmente, têm preços mais competitivos dentro do próprio pais. No entanto, existem outros países com preços aliciantes para várias marcas como França e Andorra. Em ambos os casos podem visitar-se stands e confirmar que a maior parte dos preços apresentados são significativamente inferiores aos praticados em Portugal, para o mesmo carro. Essa diferença tanto se verifica em carros novos como usados. A maior parte das pessoas costuma optar por um meio termo e adquirir uma viatura semi-nova, com alguns quilómetros mas ainda em estado quase novo.

Impostos e despesas de legalização

Ao adquirir um carro no estrangeiro este não terá ainda uma matricula portuguesa pelo que, não poderá circular a longo prazo nas estradas portuguesas. Para legalizar a viatura e obter uma matricula portuguesa terá de suportar algumas despesas, bem como pagamento de impostos. Recentemente o governo agravou os impostos aplicados nesta situação, pelo que, hoje em dia fica mais caro importar um carro do que há uns anos. As despesas de legalização que são necessárias pagar dependem fundamentalmente da potência do carro. Carros de mais alta cilindrada pagam mais do que carros com uma cilindrada menor. Esta é também, uma forma do Estado desincentivar a aquisição de viaturas mais poluentes e que emitam mais gases poluentes. Outro aspecto relacionado que é tido em conta no calculo das despesas de legalização é o combustível que o automóvel utiliza. Portanto pondere bem que combustível pretende escolher na compra do seu carro.

Conclusão

Comprar carro no estrangeiro pode permitir-lhe poupar bastantes euros. No entanto deve sempre fazer contas antecipadamente a todas as despesas e custos envolvidos para realmente concluir se determinado modelo lhe compensa comprar no estrangeiro. Se vir que lhe compensa a nível financeiro, então é hora de avançar. Reúna o máximo de informação possível acerca dos stands de maior confiança para fechar negócio e compare o estado de diversas viaturas para poder escolher qual a melhor compra.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.